Labirinto de Chronos I (media)

Labirinto de Chronos I

André Sier

Labirinto de Chronos I

15 de outubro 2016 | 15 de janeiro de 2017

CONVENTO DE SÃO FRANCISCO,

COIMBRA, PT

todos os dias das 15h às 20h

 

Exposição e Oficina de Artes Digitais

Data:

15 de outubro de 2016 a 15 de janeiro de 2017

Local: Convento São Francisco

Informação:

Bilheteira – 239857191

Serviço Expositivo – 239857195

geral@coimbraconvento.pt

Sinopse:

André Sier é um engenheiro artístico que trabalha com códigos e meios interativos programados por si. Utilizando os novos media, a sua obra situa-se nas interseções da instalação, dos jogos, do cinema, da pintura, da escultura e da música. Sier oferece experiências lúdicas, imersivas, contemplativas, utilizando linguagens contemporâneas.

No âmbito do Ciclo Éter, o artista apresenta no Convento São Francisco quatro peças interativas de projeção vídeo e uma seleção de esculturas desenhadas em código e impressas em 3D. Uma exposição individual, onde Sier recria o ambiente de descoberta e de exploração do fictício labirinto do senhor do tempo.

Esculturas Generativas é uma oficina de fabrico e impressão de esculturas concebida e orientada por André Sier. Os participantes vão gerar esculturas abstratas, bem como modelar, criar e imprimir formas volumétricas a partir de sons, câmaras, sensores e algoritmos generativos. As esculturas fabricadas são integradas na exposição, mas no final os participantes podem levá-las consigo.

André Sier

Labirinto de Chronos I

15 de outubro 2016 | 15 de janeiro de 2017

Chronos, na cosmogonia órfica, produz o Caos e o Éter, que se tornam espaço e habitação da primeira geração de deuses tecedores do universo, sendo o criador último do Cosmos.

Nesta exposição o engenheiro artístico André Sier recria o ambiente de descoberta e de exploração do fictício labirinto do senhor do tempo, convidando visitantes de todas as idades a entrar numa rede de longos e infinitos caminhos que desembocam em objetos e instalações interativas para serem jogadas e deslindadas.

Trata-se de labirintos virtuais a que podemos aceder através de instalações computacionais que nunca se repetem e se refazem a cada nova jogada. Programas que navegam de acordo com as ações dos visitantes, diferentes pontos de vista de inesgotáveis profundidades.

Este Labirinto de Chronos I contém uma seleção de obras recentes do artista, que nos conduz a uma cidade virtual imensurável, onde se navega à medida que os movimentos do corpo interagem com a instalação.

São espaços virtuais, guardados por dragões e agrimensores kafkianos que podemos incorporar, num jogo que nos envolve através do som ou de gestos simples e esvoaçantes.

Esculturas do caos, do som, dos fractais autómatos celulares, impressas em 3D, tecidas entre a mente do artista e os algoritmos por ele criados e manipulados nas máquinas.

André Sier trabalha artisticamente com códigos e meios interativos programados por si. Utilizando os novos media, a sua obra situa-se nas interseções da instalação, dos jogos, do cinema, da pintura, da escultura e da música. Através do recurso a linguagens contemporâneas, o artista oferece experiências lúdicas, imersivas e contemplativas.

Atlantis @MNAC (media)

atlantis-andresier-mnac-162a5879
atlantis-andresier-mnac-162a5719

atlantis-andresier-mnac-0987134a

Atlantis @MNAC

andresier-Atlantis-mnac-03

 

André Sier
Atlantis
Curadoria Adelaide Ginga
Inauguração 07.09.16, 19h00
Exposição individual patente ao público
08.09. 2016 – 04.12.2016

Nesta primeira exposição individual do artista André Sier no MNAC é apresentada a instalação interactiva “Atlantis (Sólon Interface)” e pinturas “Atlantis Maps (Carbon dated circa -9600)”, trabalhos inéditos desenvolvidos na âmbito de linguagens da arte digital que se integram na série piantadelmondo.info, um conjunto de trabalhos que o artista tem vindo a desenvolver desde 2007 e que exploram a criação virtual de cidades imaginárias.

André Sier não procura, em “Atlantis”, criar um simples videojogo, mas sim uma peça audiovisual interactiva, composta por três elementos de diferente natureza: uma projecção construída com base num sistema estrutural de videojogo, mas com software desenvolvido pelo artista, e assumida como proto-jogo, sem manual de instruções; um tetraedro suspenso na sala, acoplado com um sistema electrónico manufacturado e que serve de interface, permitindo a inserção das ações do visitante; sete pinturas em caixas de acrílico, protótipos de mapas de estudo dos gráfico digitais, impressos em tela e com elementos electrónicos não funcionais, qual registo arqueológico de tecnologia, ligados por solda, numa evocação do metal associado à Atlântida, o mítico oricalco.

Os navegadores virtuais, no século XXI, encontram mapas que os transportam a um dispositivo desconhecido. Aparentemente o dispositivo permite acompanhar de perto e na primeira pessoa uma experiência do ambiente dos relatos de Platão. Mitos de uma civilização desconhecida, avançada e já desaparecida, organizada em cidades-estado tri-concêntricas, detentora de tecnologias e costumes inauditos. O dispositivo aparenta ter alguns erros, suspende o tempo pelo espaço e há relatos de confluências e momentos diacrónicos a ocuparem a mesma região espacial. Numa única noite de infortúnio, o mar destruiu cataclismicamente a cidade, cujos resquícios são milenarmente absorvidos pela terra e arqueologicamente construídos pelo artista. Até hoje, não se sabe ao certo se o dispositivo presente nesta exposição aponta para este lugar cartografado, mas estamos parados no tempo de um desses momentos, a jogar histórias e fragmentos de objectos que comunicam de forma arcaica e enigmática entre si na senda da cidade mítica.

Uma viagem escolástica de aventura labiríntica em busca da cidade perdida de Atlântida.

MNAC – Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado

Rua Serpa Pinto, 4, 1200 – 444 Lisboa
Terça a domingo 10h00 – 18h00
Segunda-feira encerrado
http://www.museuartecontemporanea.pt/pt/programacao/1796

andresier-Atlantis-mnac-800

410+Spielelementen @ Festival Múltiplo @Zaratan

 

FESTIVALMULTIPLO_13AGO

 

410+Spielelementen

(concerto e lançamento de múltiplo)

André Sier @ Festival Múltiplo

13 ago / 16h

na Zaratan, lx

 

FESTIVAL MÚLTIPLO

11-12-13-14 Agosto

Das 16H00 às 24H00
Entrada livre para sócios (quota anual de sócio 3€)

Nos dia 11-12-13-14 de Agosto de 2016, a Zaratan – Arte Contemporânea e a Associação Terapêutica do Ruído apresentam a segunda edição do Festival MÚLTIPLO, um evento feito por identidades plurais e referências cruzadas que surge para promover a disseminação de produções culturais independentes.

O festival é “Múltiplo” no sentido de variado e diferente, mas também por ser uma unidade que contém várias outras: o evento é produzido em sinergia com uma série de parceiros e procura envolver de uma forma sustentável e interdisciplinar uma selecção de sujeitos, entidades e artistas dos mais interessantes e vanguardistas no panorama da arte contemporânea, da cultura, da edição e da música.

Nesta segunda edição a programação estende-se durante 4 dias e inclui a participação de artistas e músicos nacionais e internacionais, exposições, performances, residências, tertúlias e uma forte componente de produção criativa independente, com lançamentos de múltiplos, publicações e edições gráficas.

Co-organizador:
Associação Terapêutica do Ruído

Parceiros:
A Besta
Edições Senhora do Monte
Stolen Prints
Zigur Artists

Concertos e música:
Em colaboração com os nossos parceiros Associação Terapêutica do Ruído a Besta e os Zigur Artists, o Festival Múltiplo apresenta uma programação musical ecléctica de concertos experimentais, improvisações musicais e intervenções sonoras. O Festival contará com actuações de:
ANDRÉ SIER, BLEANDANTE, BERLAU, DAILY MISCONCEPTIONS, DJ PÁTIO, GESTALT, GLAUCO SALVO, KERÄNEN, MAKEAREVOLUTIONSOUND, MÁRIO TROVADOR, PROJÉCTIL, RITA BRAGA, SUKITOA O NAMAU, TURKEY NOISE COUP, VERME, VEABIS&TUBBHEAD, YONI KRETZMER.

 

Durante o Festival Múltiplo, o ciclo Ñ-DJ*s, que existe desde a 1ª pré inauguração da Zaratan e que conta com mais de 79 actuações individuais, é pela 1ª vez divulgado. Mais underground que o underground, este ciclo surge como uma prática de exploração musical compartilhada: a Zaratan convida artistas cujo trabalho seja de alguma forma relacionado com música e que não tenham pretensões ou actuações anteriores como dj´s, para seleccionarem o som que acompanha as noites de eventos, utilizando para tal qualquer artifício mecânico/digital (k7´s, leitores de mp3´s, smartphones, pda´s, rádios, etc) que não os utilizados pelos “dj´s de carreira”. Os Ñ-DJ*s do Festival Múltiplo são: ANDRÉ TRINDADE, KRODELABESTIOLE e MICHELA BALLOI.

Lançamento de Múltiplos:
A produção de múltiplos de artistas, de pequenas publicações e edições tem sido uma parte importante da prática curatorial da Zaratan – Arte Contemporânea, com o objectivo de solidificar, materializar, dilatar e multiplicar as experiências compartilhadas com os artistas. Durante o festival Múltiplo apresentamos três novas obras em edição limitada de MIGUEL PALMA, HENRIQUE NEVES e ANDRÉ SIER.

Edições Gráficas:
Movida pelo desejo de intensificar as relações entre a música e as artes visuais, esta programação é acompanhada por um projecto específico de edições gráficas impressas em risografia em parceria com a Stolen Prints. As artistas convidadas, DANIELA RODRIGUES, DILAR PEREIRA e SARA CERIZ, realizarão um artwork inspirado no som de cada banda a actuar durante o festival.

Com a colaboração gráfica das Edições Senhora do Monte, durante o Festival Múltiplo lançamos também a primeira K7 ligada ao ciclo musical “Sessões na Carvoaria”. Além da uma cassete de 60 minutos com a gravação ao vivo dos concertos, reunimos as 7 risografias inspiradas nas músicas das bandas numa pasta produzida em edição limitada.

Eventos interdisciplinares:
Entre publicação e concerto, apresentamos o décimo quarto episódio de LEITMOTIV e prossegue também o ciclo de performances titulado DO LIMINAR #3, que envolve na sua essência a produção de um ensaio fotográfico e de um ensaio textual.

Com curadoria de Gonçalo Alegria, apresentamos também o primeiro episódio de BURACO NEGRO um novo ciclo de tertúlias que explora a falha e o erro, a acontecer mensalmente na Zaratan.

Ainda, os artistas em residência na Zaratan, ITZIAR ALDASORO e MIGUEL ANGEL VALDIVIA, apresentam as suas pesquisas artísticas numa conversa informal.

https://www.facebook.com/events/1738460003089423/

read more 410+Spielelementen @ Festival Múltiplo @Zaratan

Skates&Dragons @ Makerfairelx16 media! award !!

We won an Award !!! Skates & Dragons !! at Makerfaire Lisbon 2016 !

Skates&Dragons-AndréSier-s373netx-Makerfaire2016-1k

This year, André Sier brought two interactive game/projects to Makerfaire Lisbon, under the title Skates & Dragons: Skate.Exe & DRACO.WOLFANDDOTCOM.INFO . And the Faire was flooded with happy skates and dragons! Last year we won an award with INKY!, the year before with ESCULTURAS GENERATIVAS! 3 awards, 3 years in a row !!!

Totally unexpected this year, but we guess people were dazzled with flying and skating through infinity!

Kudos to all makers & coders & manufacturers, making technology which allows dreams coming true!

Photos by AS, RM, TB.

Skates & Dragons @MakerfaireLisbon16

Skates&Dragons-AndréSier-s373netx-Makerfaire2016-1k

“Skates & Dragons” André Sier @ MakerfaireLisbon2016

25, 26 Junho, Pavilhão do Conhecimento, Lisboa, PT

Post na MakerfaireLisbon: http://makerfairelisbon.com/en/2016/06/15/andre-sier.html

Post na MakeZine: https://makezine.com/2016/06/23/maker-faire-lisbon/

 

“Skates & Dragons” André Sier @ MakerfaireLisbon2016

Skates & Dragons apresenta duas peças interactivas do artista electrónico e maker André Sier: Skate.Exe e DRACO.WOLFANDDOTCOM.INFO


Preparados? Vamos voar como um dragão, cuspir bolas de fogo, explodir edifícios, mostrar aos humanos que os dragões ainda imperam no século XXI! Em DRACO.WOLFANDDOTCOM.INFO, ao abrirmos e inclinarmos os braços frente a uma câmara, somos este dragão!

E quem disse que um Skate com rodas triangulares não desliza?! André Sier, em Skate.Exe, coloca-nos em cima de uma prancha de Skate que é o joystick num jogo onde se desliza pelo infinito. Bem vindos ao mundo de Skates & Dragons, uma proposta 200% interactiva, lúdica e jogável, dos estúdios s373.net/x de André Sier para a Makerfaire 2016.


Skate.Exe
http://piantadelmondo.info/skate.exe/skate.exe.html

DRACO.WOLFANDDOTCOM.INFO
http://andre-sier.com/wolfanddotcom/DracoWolfAndDotComInfo/

 

uunnii-time-000

uunnii-time-000

uunnii-time-000

`now`, available for your desktop.

A lightweight clock which displays time in `uunnii-time` & `utc` formats. Check the release folder to find binaries for your platform.

http://github.com/s373/uunnii-time-000

Spielelementen live @02016.41312785388128 finissage @Ocupart Chiado

747.7-2014-05-07-14-39-41-567

Spielelementen
André Sier
Live audiovisual set

With audiovisual works spanning almost 20 years of electronic coding practice, André Sier presents a solo live audiovisual set, playing live music and visuals, by interacting with a selection of his games from the last 10 years, into this genre of musical synthesis he has dubbed Game Elements (Spielelementen), where human interaction and game mechanics cooperate into live ambient, noise, gliss, glitch, 8bit algorithmic audiovisual electronic arts. It’s a live set made with tracks like Eer, there’sAHoleInThePan, 577Rhea, DRACO.WOLFANDDOTCOM.INFO, 747.7, Temporary-Babel2D, Hyperborea, Skate.Exe, Heliosfera, etc. You may find sonic examples at soundcloud.com/s373 and travel through the pieces at the artist’s portfolio site at andre-sier.com.

Com trabalhos audiovisuais cobrindo quase 20 anos de prática de programação electrónica, André Sier apresenta um set audiovisual a solo, tocando música e visuais ao interagir com uma selecção dos seus jogos desde os últimos 10 anos, neste género de síntese musical que chamou de Game Elements (Spielelementen), onde interacção humana e mecânicas de jogo cooperam em artes electrónicas audiovisuais ao vivo, ambiente, ruído, gliss, glitch, 8bit. É um set ao vivo com faixas como Eer, there’sAHoleInThePan, 577Rhea, DRACO.WOLFANDDOTCOM.INFO, 747.7, Temporary-Babel2D, Hyperborea, Skate.Exe, Heliosfera, etc. Pode encontrar exemplos sónicos em soundcloud.com/s373 e viajar através das peças no site portfolio do artista em andre-sier.com.

Spielelementen live @02016.41312785388128 solo exhibition @Ocupart Chiado 20160605

Atlantis residence @s373 SRAM studio

Atlantis-residence-s373SRAMstudio-IMG_3973

Atlantis-residence-s373SRAMstudio-IMG_3688

Atlantis-residence-s373SRAMstudio-IMG_3619

Atlantis-residence-s373SRAMstudio-13263842_481014712090301_784435136550814273_n Atlantis-residence-s373SRAMstudio-13307254_481014768756962_4137430316827784497_n Atlantis-residence-s373SRAMstudio-13315455_481014585423647_147838795978981231_n

02016.41312785388128 media

 

 

 

more photos by João Bacelar https://web.facebook.com/Ocupart.pt/photos/?tab=album&album_id=1014580158597638

02016.41312785388128 @Ocupart Chiado

andre sier _ 02016.41312785388128 _ convite digital

ANDRÉ SIER

02016.41312785388128

Exposição de 20 de maio a 4 de junho

Ocupart Chiado | Calçada do Sacramento, 15, Lisboa

Inauguração: 5ª feira, 19 de maio, 19h

A Ocupart tem o prazer de anunciar a exposição 02016.41312785388128, do artista André Sier, patente na Ocupart Chiado de 20 de maio a 4 de junho, de segunda a sábado, das 14h às 19h.

read more 02016.41312785388128 @Ocupart Chiado

Foto-Síntese Instatalk/wks + Interacções Sónicas em openFrameworks @ MILL.pt

Sexta-feira, 22/04/2016
20:00 – 22:30
Foto-Síntese @MILL Instatalks

talk-slidesFoto-Síntese-20160422-b
talk-audio foto-sintese-20160422-andresier-talk-millpt

Sábado, 14/05/2016
10h30-19h30
Workshop Foto-Síntese @MILL (inscrições)

Domingo, 15/05/2016
10h30-19h30
Interacções Sónicas em openFrameworks @MILL (inscrições)

instatalks
workshop_foto-sintese

workshop_openframeworks
read more Foto-Síntese Instatalk/wks + Interacções Sónicas em openFrameworks @ MILL.pt

au-ftrrnngr27253-11-55-13-45762-0.0-801-5 @ 800cm3.com

convite12973407_1035851323156812_4811412300784986407_o

au-ftrrnngr27253-11-55-13-45762-0.0-801-5-12961367_463916817133424_8602796308917026885_ophoto credits: Menotti

12973241_1035848313157113_5049699713484472123_ophoto credits: GAEU

A Galeria Espaço Universitário , abriu nesta quinta-feira, 7, a exposição Aproximadamente 800cm3 de Pla, que apresenta obras feitas com tecnologia de impressão 3D realizadas por artistas de todo o mundo e produzidas na Ufes. Website do projecto: http://800cm3.com

read more au-ftrrnngr27253-11-55-13-45762-0.0-801-5 @ 800cm3.com