8Bit Solar Wind Machine @ Square Waves

 

máquinas para o fim do real / machines to end the real

ciclo de exposições de arte electrónica e digital

8-bit Solar Wind Machine

André Sier

A estrela solar, fonte de vida e de calor do nosso planeta, é também mortífera e fonte de destruição. Num delicado equilíbrio, ondas luminosas carregadas de partículas de energias letais atravessam o espaço sideral do sistema solar a velocidades estonteantes para sediarem a cadeia energética que permite toda a vida orgânica existir no nosso planeta terrestre, mas não sem antes serem escudadas e filtradas pela atmosfera terrestre, removendo parcialmente a carga perigosa que transportam. O vento solar que se origina no caosmos da efervescência explosiva da superfície solar em quase eterna combustão transporta um fluxo ininterrupto de plasma composto de electrões, protões e partículas alpha de energias térmicas elevadíssimas. O vento solar preenche toda a heliosfera em turbilhões de fluxos sempre cambiantes, dançando padrões irregulares e imprevisíveis que transportam toda a origem da vida através do espaço de formas caóticas.

8-bit Solar Wind Machine é uma peça realizada em código audiovisual e desenhos abstractos diários que nasce no violento encontro dos turbilhões simultaneamente mortíferos e engendradores de vida dos ventos solares com a atmosfera do nosso planeta. Através da análise e visualização dos dados obtidos por satélites geo-estacionários na órbita do planeta criou-se um programa que perspectiva o impacto dos ventos solares na Terra. O programa 8-bit Solar Wind Machine pinta, sonifica e cria desenhos que representam as velocidades e os ângulos da radiação dos ventos solares ao entrarem na atmosfera do planeta. Os desenhos são efectuados diariamente, e cada desenho apresenta 24 linhas horizontais, correspondentes às 24h de cada dia, onde se podem observar as intensidades e flutuações dos ângulos esféricos phi e theta bem como as velocidades instantâneas dos ventos solares ao embaterem na nossa atmosfera. Há ainda um, dois ou quatro círculos centrais que acumulam os dados das correspondentes secções diárias para formarem planetóides sob o auspício da violência solar. O som que o programa gera é contínuo e é obtido através da passagem dos dados para frequências e volumes de ondas sinusoidais. A precisão final dos dados obtidos é reduzida para um intervalo de 8-bits, capaz de 256 diferentes valores, à semelhança da filtragem do plasma dos ventos solares pela atmosfera. Os desenhos são realizados mecanicamente a esferográfica numa plotter e são evidenciadores da oscilação diária a que estamos sujeitos, entre turbulência e tranquilidade, debaixo do sol.

André Sier é um engenheiro artístico com formação em ciências, pintura, escultura, música e uma licenciatura em filosofia. Nos últimos 20 anos tem produzido trabalhos em código, 3D, vídeo, som, electrónica, desenho, escultura, videojogos, exibidos em mais de 25 exposições individuais a nível nacional e internacional. Através de estruturas algorítmicas e interfaces humanos costumizados, ele cria objectos e trabalho serial interactivo que visa deslindar de formas jogáveis relações entre o espaço e o tempo, bem como propor uma contínua e infinita cosmogonia virtual sintetizada em substractos electrónicos que poderia rivalizar a realidade. Premiado nos Jovens Criadores (2006), Bienal de Cerveira (2009), três vezes na Lisbon Maker Faire (2014, 15, 16), Sier é professor regular de artes electrónicas desde 2002, actualmente professor auxiliar convidado na Universidade de Évora e a prosseguir estudos doutorais no Planetary Collegium. Tem um portfólio em http://andre-sier.com.

MÁQUINAS PARA O FIM DO REAL é um ciclo de exposições individuais, de artes electrónicas e digitais, de artistas para quem o computador e outras máquinas são ferramentas essenciais no seu processo de trabalho na produção de artefactos artísticos.

galeria square waves
r. da conceição, 2b 2655-256 ericeira

inaugurações sábados às 19h.
encontro-oficina com o artista às 18h.
terça a domingo das 16h-22h

André Sier 1 > 7 de Julho

Tiago Rorke 8 > 14 de Julho

Margarida Sardinha 22 > 28 de Julho

Fim do Real
29 Julho > 4 Agosto

Tiago Fróis 16 > 21 de Julho

André Sier 1 > 7 de Julho

outros horários por marcação > > ericeirasquarewaves@gmail.com

organização

s373.net/x

 

Comments are closed.